4.7.07

A FOME


(Por: Marcelo de Oliveira Souza)

A fome não tem número
A fome não tem cara,
A fome não se esconde
A fome fala...

A fome fala pelo estômago
A fome maltrata,
A fome destrata
A fome despreza.

A fome se expande
A fome constante,
A fome animal
A fome torna mau.

A fome bate ao lado
A fome que isola o desocupado,
A fome é a culpada!
A fome nos combate.

A fome bate
A fome sem igual,
A fome que controla o voto
A fome diária...

A fome de ontem
A fome de hoje,
A fome de amanhã e sempre
Quando derrotaremos este monstro ?

Nenhum comentário: